Mulher, mãe, empreendedora e cantora. Conheça a trajetória de garra de Aline Costiti

Mulher, mãe, empreendedora e cantora. Conheça a trajetória de garra de Aline Costiti

14 de julho de 2020

Quem acompanha o trabalho artístico da cantora Aline Costiti (35) nem imagina que a música entrou na vida dela apenas como um hobby, tamanha é a dedicação que ela deposita na carreira. No dia a dia, a lista de responsabilidades é grande. Aline, que é formada em Técnico de Administração, tem o próprio salão de beleza. Por trabalhar sozinha, desenvolve a função de cabeleireira, manicure, depiladora e maquiadora.

“Administro o salão que fica na minha residência e também cuido da minha carreira musical. Sempre gostei de música, desde muito pequena já conseguia decorar as letras e adorava fazer shows para a família, mas profissionalmente fui cantar por volta dos 23 anos”, revela.

Ela nunca achou que tivesse potencial para cantar, apenas cantava por prazer, mas a sua voz foi agradando as pessoas e acabou sendo incentivada a seguir nesse caminho. Por falar em incentivo, a família é a principal motivadora. Para dar conta de tudo, Aline tem a ajuda do marido Letiere e da sogra, que são um grande apoio para cuidar da filha Alice (6).

“Cuido das tarefas da casa, adoro cozinhar, e também cuido da minha filha com a ajuda deles. Esse é um importante apoio, pois eles sabem que a música me completa”, afirma.

Ela já pensou em desistir algumas vezes em razão da crítica de algumas pessoas e da falta de valorização, mas o amor pela música falou mais alto e mesmo com as dificuldades ela segue firme.

“A música é muito desafiadora, mas eu adoro desafios, nunca sabemos o público que iremos encontrar, isso faz com que a emoção seja diferente a cada apresentação. A pandemia nos trouxe vários desafios, mas continuo fazendo minhas lives como já fazia antes, porém agora, buscamos apoio financeiro com as empresas, isso ajuda nos custos”, ressalta.

Com a música de trabalho “Só dessa vez” que já é sucesso na rádio, há duas semanas em primeiro lugar na Nativa FM, Aline já está trabalhando em um novo projeto que envolve mais músicas autorais.

“Gosto muito da minha profissão, sou realizada em tudo que faço e agradeço a Deus todos os dias, mas seria um sonho poder viver exclusivamente da música. No palco eu me encontro”, afirma a cantora que costuma dar um toque especial nos seus shows. Isso porque Aline tem muita influência da cultura cigana.

“Meu pai é cigano e por esse motivo me criei escutando cumbia, que é o estilo preferido do povo cigano; ver os grupos cantando ao vivo nas festas me encantava. O que eu levo para as minhas apresentações dessa cultura, é a alegria em festejar a vida, dançar, brincar e ser grato por aquele momento de festa. Quando estou cantando tento me conectar com o público e passar para eles todo o amor e alegria que estou sentindo naquele momento de comemoração. Sou muito realizada no palco, e a energia do público me encanta”, conclui.

Instagram @alinecostiti

Facebook Aline costiti

Comentários