ACAF se prepara para grande evento que irá formar capoeiristas em Alegrete

ACAF se prepara para grande evento que irá formar capoeiristas em Alegrete

10 de novembro de 2019

Muita alegria, união e muito “axé”. Esse foi o clima que prevaleceu durante o último sábado (9) quando a Associação Cultural Capoeira Arte Sem Fronteira (ACAF) se reuniu para os preparativos do grande evento de formatura que ocorrerá no próximo sábado (16) a partir das 14h no clube Caixeral.

A tarde foi de confecção dos cordéis feitos com muito carinho pelos próprios integrantes da ACAF, um importante elemento que representa a graduação dos capoeiristas. Entre um entrelaçar e outro, histórias de superação e boas lembranças construídas junto ao grupo liderado pelo Mestre Lindinho há 24 anos na cidade.

“No mesmo ano em que fui vitorioso em Kung Fu, comecei a praticar capoeira pelo benefício físico, e através dela me livrei de uma depressão. Diferente de outros esportes, na capoeira o grupo é uma família”, revela o capoeirista Zé Colmeia (esq.), há 21 anos no esporte. Ao lado do colega Mad (centro), capoeirista há 22 anos, transmitem todo o seu “axé” para o cordel do Mestre Lindinho (dir.) que receberá sua confirmação também no evento de sábado.

“A formatura de mestre é a confirmação da minha graduação. Será com o mestre Churrasco, que me iniciou há 30 anos na capoeira em Uruguaiana”, explica Clodoaldo Soares Rodrigues, nome de batismo do Mestre Lindinho.

Pela parte da manhã ocorrerão dois cursos: Movimentos de Capoeira e Musicalização, com o Mestre Jurandir do Capoeira Luz de Porto Alegre; e o curso de Capoeira Regional com o Mestre Dunga do Grupo Lenço de Seda de Pelotas. A tarde iniciam as cerimônias de batismo; para os alunos recém iniciados na capoeira e as demais formaturas, dentre elas, do capoeirista Alexandro Pereira dos Santos, há 24 anos no esporte, ele é um dos primeiros alunos do Mestre Lindinho e receberá sua graduação de contra-mestre.

“Esse evento é a consagração de uma trajetória de 30 anos, quando iniciei na capoeira, e do trabalho feito na comunidade de Alegrete há 24 anos. Uma festa máxima da capoeira e da minha história formando pessoas do bem, pessoas que fazem o bem e ajudam outras pessoas, assim como eles são ajudados através da capoeira”, expressa Lindinho.

Projetos sociais

Hoje a ACAF desenvolve projeto social no Bairro Nilo Gonçalves, com aulas de capoeira gratuitas que ocorrem dentro do Ginásio da Escola Honório Lemes e engloba todos os bairros do entorno da comunidade.

Também é destaque o projeto desenvolvido junto ao CAPS II há 17 anos, onde o grupo trabalha com pessoas com sofrimento psíquico. Ainda são desenvolvidos projetos no 6º RCB, beneficiando 150 crianças de diferentes comunidades e na Escola José Bonifácio (Polivalente).

De um ano para cá, a ACAF teve um aumento significativo de alunos em virtude do engajamento com os projetos sociais. O Mestre Lindinho destaca que o número ampliou em aproximadamente 200 alunos.

Capoeira do Alegrete pelo mundo

Mestre Lindinho expressa seu orgulho pela ampliação da ACAF e seu alcance em todos os lugares, não só pelo Brasil, como também pelo mundo. “Estamos abrindo outros núcleos, temos uma filial em Cuba, na cidade Ciego de Ávila. Nosso aluno Orestes, o capoeirista Gorila, saiu daqui e levou nossa capoeira do Alegrete para lá. Nossa expectativa é daqui um ano realizar um grande evento lá”, diz.

Há dois meses, a ACAF também ganhou representantes em Caxias do Sul através da iniciativa do ex-aluno Cleber, capoeirista Taison, que abriu uma filial com outros parceiros na cidade serrana.

 Mestre Lindinho convida comunidade para Formatura de Capoeira – ACAF

Dia: 16 de novembro

Hora: a partir das 14h

Local: Clube Caixeral

Entrada: 1kg de alimento não perecível

 

Comentários