Serginho Moah: a história de uma família embalada pela música.

Serginho Moah: a história de uma família embalada pela música.

15 de dezembro de 2016

Serginho Moah

Apesar de ser Porto Alegrense, Serginho Moah tem Uruguaiana como sua cidade natal. Nascido em 18 de dezembro de 1964, o vocalista da banda Papas da Língua viveu na fronteira oeste desde criancinha – e foi por essas bandas onde tudo começou.

Por viver em um ambiente musical – sua mãe, Circe Maria, cantora nata e seu pai, Hugo Roberto Garcia, músico profissional – a paixão pela área surgiu instantânea e naturalmente.

O gosto pela música e o dom para tocar, cantar e compor são heranças adquiridas do pai, que levava Serginho e seu irmão mais novo, Evandro Moah, desde pequenos, a rodas de samba e os apresentava a instrumentos e a um universo musical completo.

A reviravolta na vida do cantor aconteceu após um convite para cantar em um casamento na capital gaúcha, aos 24 anos de idade: a experiência foi tão positiva que o cantor resolveu se fixar em Porto Alegre e buscar

oportunidades para viver de música. Voltou a cantar na noite, tocava em diferentes bares e restaurantes da capital – fato que o colocou em local de destaque aos olhos de quem está sempre à procura de novos talentos.

A nova rotina de trabalhos cruzou seu destino com o de Léo Henkin (guitarrista da Papas da Língua), que o convidou para gravar jingles para a indústria publicitária. A parceria deu certo e, a partir disso, Serginho foi apresentado a um projeto ao qual Léo se dedicava: uma banda. Logo surgiria o Papas da Língua e, com isso, o estrelato.

O sucesso e a fama fizeram com que o cantor, que é casado há nove anos e tem dois filhos, tivesse de fazer escolhas que nem sempre são fáceis. Ficar longe dos filhotes, Herbert e Sofia ou “abrir mão” dos pais são alguns exemplos. “Para cuidar da carreira é inevitável termos de fazer esse tipo de escolha. É difícil, mas também faço isso por eles”, diz o carinhoso pai.

Com um estilo de vida leve e simples, Serginho faz questão de inserir, sempre que possível, em sua rotina, afazeres comuns como ler um bom livro, frequentar espaços para lazer ou ir ao cinema com a família. Além disso, o cantor mantém uma relação saudável e próxima dos fãs – para alegria de todos.

Completamente apaixonado por música, Moah é muito grato por ter a possibilidade de ganhar a vida através de sua arte, emocionando milhares de fãs e pessoas que se identificam com suas composições.

Como pai, Serginho também procura dar bons exemplos aos filhos e tentar apontar a direção certa para que eles façam as suas escolhas e sejam cidadãos de bem. “Meus filhos são adolescentes e tudo o que eu faço é pensando no melhor pra eles. Torço e tento fazer o possível para que eles sejam pessoas de caráter, que escolham profissões onde possam ter o prazer de trabalhar e que sejam, acima de tudo, felizes e realizados”, aponta.

Na estrada há 20 anos com a Papas da Língua, Serginho leva o pop gaúcho a diversos lugares e é nacional e internacionalmente reconhecido. Os sucessos da banda já serviram de trilha sonora para milhares de ocasiões, incluindo telenovelas.

Por Samantha Gonçalves, publicada em junho de 2014, edº2. Foto de arquivo pessoal.

Comentários