ESTILO OU REBELDIA?  Projeto retrata mulheres de cabelos coloridos

ESTILO OU REBELDIA? Projeto retrata mulheres de cabelos coloridos

8 de abril de 2016

Atire a primeira pedra quem nunca julgou, mesmo que só em pensamento, uma mulher com cabelo colorido que passava pela rua. Se você não tem esse perfil (ufa!), pode ter presenciado alguém que proferiu alguma pérola do tipo: Que coisa ridícula, aposto que pinta os cabelos só para chamar a atenção!

Foi justamente o que aconteceu com o fotógrafo Ricardo Zanetta (55). Um belo dia relaxando no banco de uma praça, ele viu uma garota com os cabelos coloridos passar tranquilamente. O casal que estava sentado ao lado, logo começou a comentar sobre a aparência da moça, falando coisas que deixou Ricardo indignado.

Foi então que o olhar de profissional entrou em ação e surgiu o “Cabelos em Cor”. O projeto tem como principal objetivo mostrar para a sociedade que cabelos pintados em cores vivas não significam rebeldia e muito menos querer “aparecer”, chamar a atenção. Na opinião de Ricardo, cabelo colorido é alegria, beleza, plástica e vida.

_MG_5650 todas

“A minha proposta foi retratar de forma linda pessoas com os cabelos pintados em cores diferentes das naturais”, explica Zanetta.

Entre as modelos que foram clicadas pelas lentes de Ricardo, está a alegretense Louise, exibindo suas lindas madeixas azuladas (foto abaixo).

_MG_9295 Lou

Falando em cabelos e cores, as “Ruivas Naturais” também já serviram de inspiração para o fotógrafo. Vale a pena dar uma conferida nesse lindo trabalho.

 

O ARTISTA

Ricardo Zanetta é natural de Tubarão (SC), mas há muito tempo escolheu Florianópolis para viver. Desde os 24 anos a fotografia faz parte da vida dele, mas só no ano passado ele mergulhou de cabeça na profissão e criou a Zanetta Fotografia.

“As pessoas sempre me incentivaram a trabalhar na área, mas o mercado sempre foi cruel e nunca pude abandonar o que fazia para tentar me dedicar exclusivamente à fotografia. Há praticamente um ano consegui fazer isso e me sinto muito feliz”, conta.

Quem tiver um tempinho para conhecer o trabalho do Ricardo, vai ver como ele se dedica a retratar a beleza feminina. Esse caminho começou com uma motivação financeira, mas com o tempo, se tornou a paixão do fotógrafo.

“As mulheres perguntavam se eu fazia ensaios e começarem a me contratar para isso. O resultado superou minhas próprias expectativas”, revela.

Os clientes e até mesmo outros fotógrafos, impulsionam o trabalho do Ricardo e dizem que “as fotos mostram algo verdadeiro em cada clic, como se ele estivesse registrando suas almas e mostrando um lado poético e com mais informação visual que encanta as pessoas”.

 Por Gabriella Oliveira. Foto de Ricardo Zanetta.

Comentários