Dante Ramon Ledesma

Dante Ramon Ledesma

1 de março de 2015

 

Ramon OKA Vanguarda conversou com o artista Dante Ramon Ledesma (62), um dos grandes nomes da música latino-americana. Foi um bate papo bem especial, pois Dante interpreta a música Orelhano, que serviu de inspiração para dar nome à Agência OrelhaNa, que produz a Vanguarda.

Dante é natural de Rio Cuarto, na Província de Cordoba/Argentina. É formando em Sociologia, mas desde pequeno a música e os dotes artísticos guiaram o seu coração.

“Sempre pedi a Deus que me fizesse músico e que permitisse que eu cantasse sempre o que está em meu coração e não o que está na moda”, conta.

Veio para o Rio Grande do Sul e acabou formando uma família aqui, incluindo os amigos, que o acolheram e trataram como seus. Já são 30 anos de carreira, com shows realizados em diversos países como Portugal, Argentina, Espanha, Uruguai etc.

No ano passado, o cantor passou por um momento delicado e precisou do apoio da família para se recuperar. O artista sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e achou que nunca mais fosse cantar. Para ele, uma situação desesperadora: “Pero se caja la música, caja la vida”.

Felizmente o susto passou e agora está na estrada cantando o Rio Grande junto da família, a esposa Norma Beatriz Ledesma, o filho Maximiliano Ledesma e o neto Juanito Ledesma.

Orelhano e OrelhaNa

A canção “Orelhano” foi composta por Mario Eleu Silva para descrever um pouco da história de Dante. Orelhano é aquele que ultrapassa fronteiras em busca de seus ideais, levando consigo o amor, a amizade e uma bandeira de paz.

A inspiração serviu para a Agência OrelhaNa, que tem como slogan “criatividade sin amarras”, mesclando o Português e Espanhol, trazendo também o sentido de que não existem barreiras quando há um trabalho de integração e amizade.

Entrevista por Daniella Abi e Janiélli Camargo. Texto por Gabriella Oliveira, publicada em março de 2015, edº5.

 

 

Comentários