DSCF2851

A Avenida Freitas Valle recebeu na tarde deste domingo de Páscoa (16) o Massa Cultural que em sua quinta edição, trouxe mais uma vez à comunidade a oportunidade de apreciar música, arte, gastronomia criativa e cervejas artesanais, tudo em um único espaço público e ao ar livre.

Organizado de forma coletiva, o Massa Cultural ainda está definindo o seu formato, que também é elaborado a partir do feedback dos participantes e expositores do evento de rua. “Não temos um modelo definido. A cada edição tentamos algo novo e vemos o que dá certo e incorporamos ao evento”, explica André Gasparotto, que organiza o evento desde a quarta edição juntamente com Guilherme Gomes (atrações musicais), Marcello Alves (gastronomia) e Reinaldo Rocha, o “Tio Bola” (cervejas especiais).

A cada edição o evento conta em média com 20 expositores, com produção e exposição de arte, coletivos, brechós, sebos, trocas de livros, barbearia, artesanato, feira de doação responsável de animais, comida de rua e cervejas especiais. Tanta diversidade fez com que o público abraçasse o evento, que a cada edição se consolida como uma atração cultural alternativa.

As bandas que se apresentam no evento são uma atração à parte. Com um palco democrático, o Massa Cultural já recebeu apresentações de diversos gêneros musicais, do rock ao samba, passando pelo reggae, MPB, blues e rap. “Quase não damos conta da demanda de bandas que nos procuram. Tentamos contemplar todos os gêneros e dar espaço para as bandas mostrarem o seu trabalho”, comenta André.

DSCF2857

O legado

Além de oferecer uma alternativa cultural para a cidade, a organização do Massa Cultural também incorporou ao evento uma contrapartida social. Na edição anterior, o monumento em forma de cinco lápis, localizado na Avenida Freitas Valle, foi revitalizado graças à parceria entre empresas patrocinadoras do evento e o Coletivo Multicultural.

Nesta edição, foi a vez das muretas que adornam a lateral do Centro Cultural Adão Ortiz Houayek que receberam pintura nova e poesia. “Entendemos que, ao ocuparmos este espaço, também podemos fazer algo por ele, deixar mais bonito, revitalizado”, finaliza André.

DSCF2867

Por Andressa Benites

Publicidade

Buscar

Facebook

Publicidade